terça-feira, 17 de novembro de 2009

Graças a Igreja Católica, existe o racismo


-->
-->
--> -->
Discutir racismo no Brasil é complicado. Todo mundo sabe que existe, mas quando tocamos no assunto, acabamos sendo mal interpretados, como se a culpa do problema partisse do reclamante. Falo isso de experiência própria. E os negros com isso? Me deixam falando sozinho, já que a maioria não tem opinião formada sobre o assunto e estão mais preocupados com o que vai passar de bom na televisão. É o que acontece por aqui. Vou dar um exemplo. Suponhamos que um grupo de pessoas teriam seqüestrado alguns de seus familiares, sob interesses próprios; humilhando, violentando e matando alguns. Como eles tem dinheiro e você não, a justiça, como sempre, foi impune com eles ($$$). Como diz um ditado, quem, bate esquece e quem apanha, não. Anos se passaram e eles até se esqueceram dos crimes que cometeram contra seus entes e decidem fazer uma grande festa onde você é um dos convidados. Você iria? Se sentiria bem entre os assassinos e estupradores de gente que você tanto amava? Se a resposta for SIM, lhe falta vergonha na cara. Agora, voltemos ao mundo real. Quem tem um mínimo de conhecimento sobre a origem do escravismo contra negros sabe que a religião católica foi a principal responsável pela justificativa de que o negro era inferior ao branco, já que a igreja era dominante no mundo (mandava e desmandava) em meados do século XV. Ou seja, através de uma má interpretação bíblica, o papa Nicolau V entendeu que os negros eram sub-humanos, autorizando os mercadores de escravos a seqüestrar e escravizar todo o semelhante que tivesse melanina, com a desculpa de que o trabalho escravo iria salvar sua alma. A partir disso, o negro passou a ser diminuído perante o branco, originando o racismo contra negros. Se os registros estiverem certos, essa decisão teve início em 1454 (http://www.geledes.org.br/esquecer-jamais/1452-55-quando-portugal-e-a-igreja-catolica-se-uniram-para-reduzir-praticamente-todos-os-africanos-a-escravatura-perpetua.html). Quando soube eu dessa história, entre tantos outros motivos, nunca mais entrei dentro de algum templo da igreja católica, nem pra casamentos. Se eu fizesse isso, sentiria raiva de mim mesmo. Masss...
Todo o dia 20 de novembro, várias entidades do Movimento Negro, em comemoração ao dia da morte de Zumbi, realizam missas afros. Depois de todo o mal que a igreja católica causou ao povo preto, será que missa afro tem algum sentido? Se esses negros tivessem conhecimento dessa informação, será que botariam os pés dentro dessa igreja? O pior, pra mim, não é o racista, mas sim os negros que deixam o racismo acontecer. Negro católico é uma piada. No passado eles nem podiam entrar dentro de uma igreja para assistir missa; hoje eles participam de missas afro. Blargh!!! Como tem hipócrita nesse mundo. Acho que se a religião católica acatasse a bíblia nos seus ensinamentos (que seria o correto), ao invés de pregar a separação, eles pregariam a igualdade entre as pessoas e nossa realidade seria outra.

Observação

Sabe quando a igreja católica já teve um papa negrão? NUUUNCA!!! Dizem que a igreja não está preparada para ter um papa negro. Será que os fiéis iriam aceitar um?

Até a metade do século XV era comum o escravismo de pessoas de diferentes (ou não) nacionalidades. Tanto os negros escravizavam outros negros (inimigos ou com débitos com a justiça) como os brancos escravizavam outros brancos. Mas a justificativa não era a cor da pele e sim a dívida que o escravo possuía com seu senhor. Por exemplo, um ladrão, um assassino ou um estuprador se tornavam escravos pelo seu delito. A cor da pele não era vista como pecado até que a igreja passou a pregar que o negro era inferior ao branco, apoiando assim os mercadores de escravos a escravizarem negros. Foi isso que causou toda a segregação. Foram mais de 350 anos de escravismo negro. Quando os portugueses chegaram na África, não encontraram só negros de tanga com uma lança na mão. Encontraram sociedades desenvolvidas iguais as dos brancos, formadas por famílias, indústrias, escolas, etc. Inclusive, foi lá que eles descobriram a enxada. Quando os negros eram trazidos dentro de porões nos navios negreiros, famílias inteiras eram jogadas ao mar para aliviar a carga; sob a concessão de padres jesuítas que os benziam antes, e depois os jogavam no mar. Isso incluía mulheres, crianças, homens, doentes e idosos. Todos negros. Os tubarões faziam a festa. Será que basta as desculpas dos papas da igreja sob todos os malefícios que esta causou a toda a negritude? Ta mais do que na cara que não. Se os portugueses tem uma dívida com os negros, a igreja católica, também.

Deí - A Escravidão:


17 comentários:

Carlos disse...

Vai uma crítica?

Sua habilidade de inferir e de usar as palavras são totalmente péssimas. Abordar um assunto tão delicado de uma forma tão geral fez você se esmurrar com as palavras. Vou escrever como você:

"De certo modo, deve excluir este comentário, aliás, todo brasileiro vê a critica como uma coisa ruim. Ainda mais um DJ né? Imagine só se DJ é inteligente? Ainda mais com este nome Deí. Acho que o seu secesso se limita a sua região...

Observação: Ao escrever algo sobre uma questão tão complexa como esta, tome cuidado. Entenda esta crítica como uma coisa construtiva. No texto acima você chama o negro de não informado : "Se esses negros tivessem conhecimento dessa informação, será que botariam os pés dentro dessa igreja?" ou de hipócritas: "Como tem hipócrita nesse mundo." Entendo seu ponto de vista, mas não é tão simples assim, muitas pessoas encontram na religião um modo de estar mais perto de Deus, independente da história desta religião. Vamos ver se vai ser "intelectual" o suficiente a ponto de não excluir este comentário.

Deí disse...

será q estou mentindo? me mostra onde. tem condições?

Tiago disse...

Muito do que você diz faz sentido cara, parabéns por ter tomado a inciativa de dizer o que pensa especialmente num país de cultura cristã.
O fato é que a igreja sempre esteve do lado do mais forte, lavando o cérebro dos fiéis levando-os a dizer a alguem que os critique: "mas ah, não é bem assim, veja bem...".
É claro que há vários religiosos com boas intenções e de boa fé, mas que poder estes tem sobre as decisões da igreja?
O texto que você escreveu serve pra várias outras ocasiões, não apenas para os negros. Basta pensar um pouco...
Valeu!
(Li seu texto na TDC)

Deí disse...

podcre, Tiago. o q me faz acreditar q as coisas vão mudar pra melhor é saber q ainda existem pessoas capazes d separar o joio do trigo. engana-se kem pensa q Deus está em todas as religiões. kem conhece 1 pouko da bíblia sabe q não.

Spartacus disse...

A verdade é que biblia é um livro incoerente, logo a religião é incoerente e seus fieis incoerentes,
e deus uma piada...

Anônimo disse...

O Carlos faz uma crítica mais preconceituosa do q ele critica, desmerecendo a profissão de DJ, como se isso não refletisse os pré-conceitos que ele possui, em poucas linhas o Carlos fez um texto incoerente, imagine se escrevesse um blog, quantas barbaridades iriam sair...

Gooxe

Rosikleyde dos Santos disse...

Os cristãos racistas estão somente seguindo os ditames do seu deus cruel e psicopático ou, por outras palavras, estão segundo os ensinamentos contidos na maldita Bíblia.

Anônimo disse...

Ora,ora!
Quem teria "autorizado" escravizar africanos na América do Norte?

Hannah Kruchev disse...

Nada justifica a escravidão, mas chefes de tribos africanas tb permitiam vender seus próprios súditos e tb capturados de outras tribos. Os portugueses não entravam continente adentro. Negros eram sequestrados por outros negros e trazidos até o litoral onde eram trocados por cavalos, aguardente ou dinheiro.

Hannah Kruchev disse...

Nada justifica a escravidão, mas chefes de tribos africanas tb permitiam vender seus próprios súditos e tb capturados de outras tribos. Os portugueses não entravam continente adentro. Negros eram sequestrados por outros negros e trazidos até o litoral onde eram trocados por cavalos, aguardente ou dinheiro.

Hannah Kruchev disse...

Negros sequestraram outros negros com autorização de chefes tribais e os vendiam ou trocavam por cavalos no litoral com os portugueses. Os europeus nem adentravam no continente africano. Nada justifica a escravidão mas a verdade é que negro traficante de pessoas vendeu negro subsaariano para o branco ex judeu/novo cristão. Outrora foram os africanos mouros que escravizaram brancos eslavos (daí a origem da palavra Slave)

Hannah Kruchev disse...

Negros sequestraram outros negros com autorização de chefes tribais e os vendiam ou trocavam por cavalos no litoral com os portugueses. Os europeus nem adentravam no continente africano. Nada justifica a escravidão mas a verdade é que negro traficante de pessoas vendeu negro subsaariano para o branco ex judeu/novo cristão. Outrora foram os africanos mouros que escravizaram brancos eslavos (daí a origem da palavra Slave)

Adriana Silveira Rodrigues disse...

Uma pessoa que não tem capacidade de separar INSTITUIÇÃO PROCLAMADA DEUS E JESUS CRISTO dos atos falhos, muito falhos, do ser humano, não deveria se meter a falar sobre esse assunto, ainda mais de forma tão simplista,leviana e tendenciosa. Não vale nenhuma atenção.

Roger disse...

Lógico para uma pessoa que mal sabe interpretar a chapéuzinho vermelho a Bíblia é incoerente mesmo

Roger disse...

Parece que as pessoa não percebem que o tempo passa e confunde 500 anos atrás com o presente.
Primeiramente a escravidão não é exclusividade da igreja, ou você não se lembra que os gregos, os romanos entre outros povos já tinha escravos africanos e só por isso os negros não devem ir lá?
Segundo, eu gostaria de saber: e o que os católicos de hoje tem ave com erros de séculos atrás? Quem escravisou já morreu a muito tempo atrás...
Por que você não para de mesquinharia e aceita que as pessoas pensam ao contrário de você que propaga a intolerância e o ódio, o mesmo que responsável por qualquer tipo de preconceito no mundo.

Roger disse...

Parece que as pessoa não percebem que o tempo passa e confunde 500 anos atrás com o presente.
Primeiramente a escravidão não é exclusividade da igreja, ou você não se lembra que os gregos, os romanos entre outros povos já tinha escravos africanos e só por isso os negros não devem ir lá?
Segundo, eu gostaria de saber: e o que os católicos de hoje tem ave com erros de séculos atrás? Quem escravisou já morreu a muito tempo atrás...
Por que você não para de mesquinharia e aceita que as pessoas pensam ao contrário de você que propaga a intolerância e o ódio, o mesmo que responsável por qualquer tipo de preconceito no mundo.

Roger disse...

Lógico para uma pessoa que mal sabe interpretar a chapéuzinho vermelho a Bíblia é incoerente mesmo