quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Racionais MC's - Voz Ativa (Remixado pelo Deí)

Versão remix da música Voz Ativa, do Racionais com Marcelo D2. Espero que gostem.



quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

O que estraga a política são os políticos

Política partidária, no Brasil, para mim, é teatral, onde o povão é o grande público sem reação. Em ano eleitoral, eles fingem que estão a favor do pobre, iludindo o povo com presentes ($$$) e promessas que dificilmente sairão do papel. O que querem, mesmo, é nosso voto, que tem muito valor político. Depois que conseguem o que querem, esquece. O pior é que o povo, acomodado e sonolento, acredita em tudo e esquece fácil. Democracia e liberdade de expressão são apenas palavras bonitas de serem faladas. Na prática, nada disso funciona.
Essa reforma da Previdência, por exemplo, que diz combater privilégios, retirando direitos trabalhistas do povo pobre, se fosse para melhorar a economia, de verdade, começaria retirando privilégios de funcionários políticos. Mas isso eles não fazem. Seria o mesmo que darem tiro no próprio pé.
Esse presidente Temer, além de golpista e corrupto, é o presidente mais anti democrático (governa contra o povo), que eu já vi. O povo não tem voz, no governo dele. Mesmo assim, muita gente sem noção política, apoia e aplaude, como se ele tivesse fazendo o certo. É a mesma coisa que um preto apoiando o Bolsonaro, que não esconde seu ódio racial. Olha que tem muitos, hein... Costumo brincar que, se Bolsonaro ganhar, a escravidão preta poderá voltar... (Rimou!) Falando nisso, ele tá super feliz com a condenação do Lula, que, também, vacilou feio.
Anulo meu voto há mais de 15 anos. Já tive entre eles e vi que estão mais preocupados com o próprio bolso, do que com o povo, do que melhorar alguma coisa que não seja pra benefício deles. E, ai de quem insistir em contrariar a vontade deles (crime organizado no Brasil se chama política). Pode ser assassinado, assim como já aconteceu com vários. Mesmo assim, torcia para o menos pior, que no caso, era o ex presidente Lula, que corrompia, mas fazia algo pelo povo. Mas o Lula se achou o intocável, como se nada de ruim fosse acontecer. Se enganou. Perdeu a chance de se eleger Presidente, novamente e quebrou o PT. Costumo dizer que, se o Lula não tivesse se corrompido, nada disso teria acontecido. (Rimou, de novo!) Não me iludo com políticos. Enquanto muitos petistas choram, o Lula pode estar num hotel de luxo, agora, comendo caviar, tomando Antarctica Original... Se bobear, junto com o juiz Sérgio Moro. Ou vocês continuam acreditando neste teatro?

Mas, vida que segue. “Pagai a César o que é de César”, e já era.

domingo, 21 de janeiro de 2018

Rashid – Crise (2018)

01 Música de Guerra
02 Estereótipo
03 Sem Sorte
04 Primeira Diss
05 Musashi
06 Química
07 Bilhete 2.0 (participação Luccas Carlos)
08 Mal com O Mundo
09 Se Tudo Der Errado Amanhã (participação Ellen Oléria)
10 Pés na Areia (Promessas) (participação Godô)


sábado, 13 de janeiro de 2018

DJ Deí em Ação_Vol. 64 (Rap Nacional)

Minha 1ª Mixtape de 2018. Rap Nacional, né. Algumas das que mais curto. Espero que também gostem.
01 Branco P9 – Bolim
02 Sistema Negro - Era pra ser (Doctor X + DJ Piá)
03 Karol Kolombiana (part. Eduardo) - Auto Sabotagem
04 Rota de Colisão - Tem Que Cantar Com a Alma
05 Preto Aplick CH - Malandro (Part. Diego Silva)
06 WGi CH Só Monstro - Eterno maloqueiro
07 Emicida - Mãe (feat. Dona Jacira & Anna Tréa)
08 Inquérito - Lição de Casa (Participação Tulipa Ruiz)
09 Haikaiss - RAP LORD
10 RZO - Revolta dos Humildes

11 Sabotage – Mosquito

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

W-Gi (CH) falando de políticos

O que o W-Gi, do grupo de rap Consciência Humana, falou sobre políticos, neste vídeo do Rap Favela, é o que penso. Quando começar a desaparecer político corrupto, sendo encontrado em “latas de lixo”, como um quebra cabeça, aí a coisa melhora. virou bagunça.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Deí - Set 27_08 (Rap Nacional)


Foi o set mixado que mais gostei, apesar dos erros. Sem edições. Tiveram partes que acertei, também. Só Raps Nacionais. Dos antigos aos atuais. Dá para ouvir e baixar.

sábado, 5 de agosto de 2017

Nem Todo Pedinte é Ordinário

Todo o dia e toda a hora, quando não ligam no meu celular pedindo ajuda ($$$), no semáforo, na rua ou em estabelecimentos comerciais, sempre aparece alguém me pedindo dinheiro. A maioria, que eu já percebi, são usuários de drogas. Quando tô com moedinhas no bolso e a pessoa que pede aparenta ter saúde e ser jovem, as vezes dou 5 ou 10 centavos, só pra não dizerem que sou mão de vaca. Com alimentos, é diferente. Não penso duas vezes pra ajudar.
A mim, ninguém se oferece de ajudar. Sempre me viro e nunca precisei pedir. Graças a mim. Só não sei o dia de amanhã. Peço a Deus que eu não caia numa situação dessa. É humilhante.
Ontem à noite, enquanto eu entrava num Super Mercado, uma mulher com um bebezinho no colo me pediu para eu pagar salgado pra ela e a irmã. Fui lá e peguei. Deu dó. Enquanto eu pagava, ela me pediu para, ao invés de pegar o salgado, que desse o dinheiro para ela comprar passagem. Não deu tempo nem de pensar. Só falei que não tinha mais dinheiro. Ela pegou os salgados, junto com a irmã, saíram e nem agradeceram. Beleza. Quando saia do estabelecimento, lá estava ela, de novo, pedindo dinheiro para as pessoas que passavam ali. Ela me viu e disfarçou. Se ela não jogou os salgados fora, eu nem falo nada.

Por causa de pessoas velhacas assim, quem precisa de ajuda de verdade, acaba sendo ignorado.