domingo, 30 de dezembro de 2012

Nada Se Cria, Tudo Se Copia



Todos os anos, eu e alguns amigos com mais de 35 nos reunimos para comemorar os velhos tempos (anos 70 e 80) com um bom churrasco e muuuuuita cerveja. Quando rolava sons dos anos 70, alguns deles chamavam a atenção nos passos de dança e eu ficava observando e imaginando: “como eles são criativos!”; até, agora a pouco, depois de eu ter assistido um pedaço do filme Os Embalos de Sábado à Noite, onde vi os mesmos passos decorados de meus amigos discotequeiros sendo encenados por John Travolta e outros dançarinos. Era tudo copiado do filme, nada criado. Como já dizia o Velho Guerreiro Chacrinha, “nada se cria, tudo se copia”.

Um comentário:

VH disse...

Salve Deí!

Seria mto interessante se voce pudesse elaborar um post sobre os melhores(top list)soul ou funk,la do inicio tanto na gringa quanto aqui no br!!

Gde abs